Crowdfunding do Formiga.me bate a meta com 132 doações

bem_sucedido

 

O crowdfunding do Formiga.me foi um sucesso! Batemos a meta um dia antes do final da campanha com a colaboração de 132 formiguinhas, que deixaram de lado o mimimi e colocaram a mão na massa (e no bolso!) para fazer parte do nosso projeto.

Não cansamos de dizer: muito muito obrigada a todos que contribuíram, divulgaram e acessaram o financiamento coletivo e o site do Formiga.me. Cada post, cada mensagem e cada doação é muito importante na construção do nosso projeto. Agora podemos dizer que somos um formigueiro de verdade.

Tivemos ainda duas contribuições de empresas, que apoiaram a cota de oficina aberta ao público. Faremos uma oficina patrocinada pela Congelados da Sônia, que produz comida congelada saudável, em São Paulo (capital), e outra pela Carpegiani Associados, que vai ajudar a revitalizar um córrego em Ubatuba, litoral de São Paulo, junto com pescadores locais.

Como foi o financiamento coletivo do Formiga.me

Foram 45 dias de arrecadação, de 8 de setembro a 23 de outubro, e nossa meta era conseguir R$ 13 mil para cobrir os custos do primeiro ano do site. Durante a campanha, lançamos o Formiga.me e publicamos as nossas primeiras reportagens sobre pessoas e grupos que estão transformando espaços públicos no mundo inteiro.

O crowdfunding do Formiga.me fechou com R$ 740 além da meta. Com esse dinheiro, teremos fôlego para continuar produzindo e publicando histórias inspiradoras, além de investir em equipamentos, softwares, material para oficinas e divulgação.

Quem contribuiu com o nosso financiamento coletivo vai receber as recompensas escolhidas até março de 2016, além de ser eternizado na seção de apoiadores do site. E como não cansamos de agradecer cada um que colaborou, aqui vai a lista das formigas-doadoras (algumas pediram para permanecer anônimas: vocês sabem quem são e somos muito gratas a vocês também!).

Adriana Carpegiani
Adriana Domingues
Ana Carolina Carpegiani Peyres Neves
Andrea Barbosa
Andressa Basílio
Ariel Fajtlowicz
Aurelio Abreu Guzzoni
Barbara Bigarelli
Bento Guerreiro Junior
Bernardo Barbosa
Bete Truisi
Beto Pessotti
Bruno Recieli
Cacá Zulino
Camila Ploennes
Carla Link Federizzi
Carla Mayumi Albertuni
Carlos Alberto de Oliveira Carvalho
Caroline Arice
Carpegiani Associados
Cíntia Marcucci
Claudia Carpegiani Neves
Claudia Carpegiani Neves
Congelados da Sônia
Cristina G. Müller
Daniel Toledo Piza Tonacci
Daniella Cornachione
Deborah Ouchana
Denise Carpegiani
Diego Junqueira
Divinas Tetas
Ederon Marques
Eduardo Zanelato
Eliane Scardovelli
Eliane Sobral
Eliete Sobral
Elisa Maia
Emanuel Piza
Erica Dania Alves
Evandro Pimentel
Felipe Frazão
Felipe Tau
Fer Montano
Fernando lopes
Flavia Belloni
Flavia Campanerut
Flávia Mantovani
Flavia Muraca
Flávia Siqueira
Gabriel Rubinsteinn
Giovanna Matero
Gustavo Nobre
Gustavo De Oliveira Antonio
Heloisa Aun
Heloisa Ramos de Campos Mello
Iana Chan
Igor Silveira
Inês Pereira
Isaelena
Jessica Renesto
Jéssica Oliveira

Jesus Pinheiro Alvares
Jonatas Moraes Brito
Juliana Contaifer
Juliana Faddul
Juliana Marques
Juliana Da Silva
Karin Elisabeth Arnold
Lara Deus
Lara Freitas
Le Carpe
Leticia Martines
Lilian Sobral
Lina Brochmann
Lincoln Paiva
Lucas Pretrilli
Luciana Andrade
Luciana Brunelli
Luciano Arnold
Malu Echeverria
Marcela Gonsalves
Marcela Braz
Marcia Ohlson
Maria Luiza Poleti Martucci
Mariana Komatsu
Marina Almeida S Nascimento
Marina Perlman
Nadia Tau
Naima Almeida
Nathalia Ziemkiewicz
Nicole Lopes
Olga R. A. Gil Santos
Olívia Meireles
Orfeu
Paloma Carvalho
Patrícia Sueza
Patricia Martins de Andrade
Paula Paiva Paulo
Paula Perim
Pedro Vannucchi
Rafael Batista
Raquel Chamis
Renata
Ricky Hiraoka
Rodolfo Bittencourt
Rodrigo Borges
Rosana Silva
Sérgio Ludtke
Sonia Maria Carpegiani
Taís Braga
Talita Campoi Marinho
Tamara Foresti
Tathiane Araújo
Thaís Granato
Thais lazzeri
Thaís M. Azevedo
Thais Taverna
Victor Ferreira
Vivian Bortolotti
Walter de Andrade
Yanaí Mendes

 

Contamos com vocês para seguir na construção do nosso projeto e de cidades que façam sentido. Menos mimimi, mais mão na massa!

Entenda melhor o que foi a campanha de financiamento coletivo aqui.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *